Irmã Rosalina Correia

“Quero dizer-vos uma palavra e essa palavra é Alegria” (E.G Papa Francisco) “Louvado sejas” – é o título da Encíclica do Papa francisco. Quero dizer ao nosso Criador: Louvado sejas por estes 25 anos de Consagração Religiosa. Um quarto de século ao serviço de Deus e da Igreja. Recordo o dia 22 de fevereiro de 1988, dia em que deixei a minha casa para vir ver como era o viver das Irmãs da Divina Providência e Sagrada Família. Vim despojada de tudo e fiquei. Encontrei pessoas que me ajudaram e encontrei amizades e inimizades como acontece onde existem pessoas. Somos seres sociáveis e ora convergimos e noutros momentos divergimos. Em todas as situações que se cruzaram na minha vida senti a poderosa ‘Mão’ de Deus a proteger-me e mantive sempre na minha mente o pensamento que Deus colocou na hora da partida: ‘Vai para servir a Igreja e a Humanidade’. Ainda hoje mantenho vivo este pensamento. Mais tarde, durante a minha formaçao, no noviciado recebi as constituições da Congregação e no I capítulo, nº 1 encontrei este pensamento; num pensamento da nossa Cofundadora, Irmã Maria Rosa Campos e num pensamento do Doutor Adão - Fundador da Obra. Da Irmã Maria Rosa Campos:”Quero gastar a minha vida a servir a Igreja”. Do Fundador: “ Ordenei-me para servir a Igreja a tempo inteiro”. Acreditava que por mim nada podia fazer, não podia resolver todos os problemas do mundo, mas acreditava que Deus me ajudava a ser reposta aos problemas que surgiam ao meu redor. Hoje sinto-me grata a Deus e sinto tambémque as pessoas a quem sirvo são muito gratas. A minha imensa gratidão a todos. Continuarei a dizer: ‘Consagrei-me para servir a Igreja’. Deus chama-ma porque sou importante para Ele e isto dá-me total confiança. Os missionários do Reino põem a sua confiança unicamente em Deus (Pe. Fernando Fonseca). Numa profunda gratidão ao Criador rezo com o Papa Francisco (Carta Encíclica Laudato Si)“A oração cristã com a Criação”: Nós Vos louvamos, Pai, com todas as vossas criaturas, que saíram da vossa mão poderosa. São vossas e estão repletas da vossa presença e da vossa ternura. Louvado sejais! Filho de Deus, Jesus, por Vós foram criadas todas as coisas. Fostes formado no seio materno de Maria, fizestes-Vos parte desta terra, e contemplastes este mundo com olhos humanos. Hoje estais vivo em cada criatura com a vossa glória de ressuscitado. Louvado sejais! Espírito Santo, que, com a vossa luz, guiais este mundo para o amor do Pai e acompanhais o gemido da criação, Vós viveis também nos nossos corações a fim de nos impelir para o bem. Louvado sejais! Senhor Deus, Uno e Trino, comunidade estupenda de amor infinito, ensinai-nos a contemplar-Vos na beleza do universo, onde tudo nos fala de Vós. Despertai o nosso louvor e a nossa gratidão por cada ser que criastes. Dai-nos a graça de nos sentirmos intimamente unidos a tudo o que existe. Deus de amor, mostrai-nos o nosso lugar neste mundo como instrumentos do vosso carinho por todos os seres desta terra, porque nem um deles sequer é esquecido por Vós. Iluminai os donos do poder e do dinheiro para que não caiam no pecado da indiferença, amem o bem comum, promovam os fracos, e cuidem deste mundo que habitamos. Os pobres e a terra estão bradando: Senhor, tomai-nos sob o vosso poder e a vossa luz, para proteger cada vida, para preparar um futuro melhor, para que venha o vosso Reino de justiça, paz, amor e beleza.
Louvado sejais!
Amém.